Associação dos Aposentados e Pensionistas de Ourinhos e Região

APOSENTADOS, CUIDADO COM OS GOLPES

Ultimamente inúmeros golpes estão sendo aplicados em todo o Território Nacional. Faremos a seguir a comunicação de alguns deles, para que nossos leitores tomem conhecimento e não sejam as próximas vítimas.

FALSA ADVOGADA É SUSPEITA

Em São José dos Campos, interior de São Paulo, a polícia está em busca de uma mulher que se passava por advogada. Ela enganou pelo menos quarenta pessoas que  precisavam de serviços no INSS. Com medo, uma das quatro vítimas de uma mesma família confirmam que foram enganadas. Uma mulher que se apresentava como advogada cobrava para agilizar benefícios no INSS, como aposentadoria. “Ela falou que precisava de R$ 180,00 para dar a entrada em algum papel no INSS, e que precisaria dos meus documentos, do CIC, do RG, da Profissional”. A vítima só desconfiou depois de ir três vezes ao INSS a pedido da suposta advogada e ela não aparecer. Ao se informar na agência de São José dos Campos teve certeza que havia sido enganada. “A funcionária perguntou se a advogada havia me dado algum número de protocolo, mas não havia, então a funcionária me informou que não tinha dado entrada em nada”. Segundo informações da polícia pelo menos 40 pessoas registraram boletim de ocorrência na zona leste contra uma mulher que tem passagem por estelionato e já foi condenada duas vezes por apropriação indébita previdenciária. A polícia já sabe que a golpista não tem registro na OAB, a Ordem dos Advogados do Brasil, e que agia com a ajuda de um homem. “O indivíduo que faz a propaganda dela, faz algumas palestras e divulga o nome dela, e vende a imagem dela como advogada. Vamos aprofundar um pouco mais na investigação para ver se ela já recebeu alguma aposentadoria em nome de alguma pessoa que tenha passado procuração para ela”, explica o delegado Hugo Pereira. O INSS informou que não existem serviços para agilizar o atendimento e orienta avisar a polícia quando receber esse tipo de oferta.

QUADRILHA É DESMEMBRADA

Uma força tarefa da Previdência desmembrou uma quadrilha em Ilhéus (BA), que fraudava o sistema de pagamento de benefícios, como pensão por morte, benefícios assistenciais e auxílio-doença. O prejuízo causado aos cofres públicos pode ultrapassar R$ 500 mil – o que deverá ser comprovado com a revisão dos benefícios suspeitos. A operação, intitulada Radar, cumpre cinco mandados de busca e apreensão na Agência da Previdência Social local e na residência de possíveis envolvidos. O esquema funcionava assim: o grupo usava documentação falsa e cadastrava dados fictícios nos sistemas da Previdência Social para conseguir benefícios de forma irregular. Os documentos e computadores apreendidos vão servir de prova contra os acusados, que serão chamados pela Polícia Federal para prestar esclarecimentos. Segundo a Previdência, 30 policiais e sete servidores do Ministério da Previdência Social participaram da operação. Caso comprovadas as acusações, os envolvidos deverão responder pelos crimes de estelionato, falsidade ideológica, falsificação de documentos e formação de quadrilha, com penas que podem chegar a seis anos de prisão.

FALSOS AGENTES DO INSS DÃO GOLPE

Uma idosa de 75 anos foi vítima de um golpe de dois estelionatários que se passaram por agentes do INSS, em Cambira, a 19 quilômetros de Apucarana (Paraná). De acordo com o soldado Milton, da Polícia Militar, dois homens chegaram na residência da vítima e disseram que estavam fazendo um recadastramento de aposentados e que precisam retirar os cartões de bancos e senhas. Para persuadir a idosa, eles disseram que o cartão dela já não estava mais valendo e que ela iria receber outro em breve. Sem desconfiar de nada, a vítima entregou seu cartão do Banco Itaú. Os estelionatários passaram na agência e sacaram R$ 500,00 e ainda fizeram um empréstimo de R$ 800,00. A polícia investiga o golpe, mas ainda na tem pistas da dupla. Segundo a vítima, os falsos fiscais aparentavam ter cerca de 30 anos, tem a pele clara, estatura média e trajavam roupas claras.

AAPOR – Associação dos Aposentados e Pensionistas de Ourinhos e Região
Sede: Rua José Felipe do Amaral, nº581 - Vila Perino - Tel. 14 3326-5049
CEP: 19911-770 - Ourinhos-SP - e-mail: associação.ourinhos@r7.com
CNPJ: 13.603.479/0001-00 - www.aaporourinhos.org.br
Entidade Privada Sem Finalidade Lucrativa - Declarada de Utilidade Pública pela Lei
Municipal nº 5.972 de 29/08/2013
Desenvolvido por Gabriel Hesedis - 2018